quarta-feira, 17 de julho de 2013

SÍNDROME DE ASPERGER – PARTE 2


OLÁ AMIGOS!
Continuando o tema da semana passada, vou falar um pouco sobre o tratamento da síndrome de Asperger.
O tratamento da síndrome de Asperger assemelha-se um pouco ao tratamento do autismo e o trabalho em habilidades sociais desempenha função essencial na melhoria de muitos sintomas.
O aconselhamento familiar, a psicoterapia cognitivo-comportamental, com ênfase no treinamento de habilidades sociais e o treinamento vocacional durante a adolescência também devem ser realizados.
A utilização de medicação está normalmente preconizada nos casos de transtornos comportamentais associados como transtorno obsessivo-compulsivo, depressão, transtornos ansiosos, tiques e no transtorno de déficit de atenção/hiperatividade.
As dificuldades de socialização provocadas pela Síndrome de Asperger tornam a capacidade de interação com outras crianças muito difícil e tende a tornar a criança solitária. Portanto, a estimulação da socialização através da iniciação nos esportes coletivos, como futebol, basquete e vôlei, por exemplo, podem ajudar o estudante tanto na adequação e interação social quanto no desenvolvimento de habilidades motoras. Devido a sua melhor habilidade intelectual e de comunicação, seus resultados com o tratamento são mais promissores do que no autismo infantil clássico.
Alguns jovens com a síndrome de Asperger, quando bem estimulados, podem desenvolver estratégias que melhoram sua capacidade de socialização e interação social, e podem ter uma vida independente, sendo absorvidos pelo mercado de trabalho, casando, tendo filhos e constituindo uma família.
Encorajo o amigo leitor que pesquise sobre a fascinante história de Temple Grandin, doutora em ciência animal e professora da Colorado State University. Temple Grandin é portadora da síndrome de Asperger e uma escritora de sucesso nos Estados Unidos. Ela é uma defensora das causas dos portadores de transtornos do espectro autista e fonte de inspiração para famílias no mundo todo.

Dr. Gustavo Teixeira
Autor do MANUAL DOS TRANSTORNOS ESCOLARES (Ed. Best Seller)
Professor Visitante do Department of Special Education – Bridgewater State University
Mestre em Educação – Framingham State University

Nenhum comentário:

Postar um comentário